sábado, 28 de maio de 2011

Soluções eletrolíticas e não-eletrolíticas

     Com os temas abordados nas postagens anteriores, já é possível explicar o que são substâncias eletrolíticas e substâncias não eletrolíticas, o que será feito a seguir por meio de tópicos:
1)    O que são?

- Soluções são misturas homogêneas, assim, apresentam duas ou mais substâncias em sua composição, sendo um soluto e um solvente, resultando em um composto de apenas uma fase (aspecto único).

- Soluções eletrolíticas são soluções aquosas de sais, ácidos ou bases, tendo como característica fundamental a condutibilidade elétrica.

- Soluções não eletrolíticas são soluções aquosas orgânicas, como açúcar, álcool e ureia. Esse tipo de solução não conduz eletricidade.
2)  Como são formadas?

- Para uma solução ser eletrolítica ela deve apresentar íons em meio aquoso. Eles podem ser liberados em solução de duas formas: pela ionização e pela dissociação.

- A ionização ocorre quando uma molécula, ao entrar em contato com a água, libera um cátion e um ânion.

·         Exemplo: O HCl (ácido clorídrico), quando em contato com a água,  libera íons, sendo H+ (cátion) e Cl- (ânion), ocorrendo, assim, uma ionização.

- A dissociação ocorre com a “separação de íons”, ou seja, uma molécula já iônica, ao entrar em contato com a água, libera um cátion e um ânion.

·         Exemplo: O NaCl (sal de cozinha), em contato com a água, libera  Na+ (cátion) e Cl- (ânion), ocorrendo dissociação iônica.

3)    Como funcionam?

- As soluções eletrolíticas possuem mobilidade iônica, assim, é pela movimentação de íons livres que ocorre o transporte de energia elétrica.

-Por isso, apenas NaCl ou apenas água  não conduzem eletricidade, é necessário que eles sejam misturados, e assim, em meio aquoso os íons podem se movimentar e conduzir eletricidade.

2 comentários:

  1. Não ficou nada claro, seja mais específico nesses tipos de artigos.

    ResponderExcluir